Carregando
(82) 3221.7608 | 3336.6427

Alagoas é o quarto Estado que mais mata gays no Brasil

Por Imprensa (quarta-feira, 28/09/2011)
Atualizado em 28 de setembro de 2011

Ontem, um homossexual foi encontrado morto com uma das mãos decepadas e as vísceras à mostra em terreno baldio


Conforme o mais recente relatório do Grupo Gay da Bahia (GGBA), que analisa dados de todo o Brasil, Alagoas está em quarto lugar em mortes contra homossexuais.


O Estado só perde para o Rio de Janeiro, que ficou em 3º; São Paulo, em 2º; e Bahia, na indesejada primeira colocação.
Em todo o País, contando com o caso de Heli de Lima, já foram registrados 164 homicídios.


“É lamentável notar que Alagoas está sempre entre os cinco primeiros desse ranking da violência. Sem falar que aqui se mata com muito mais crueldade, esquartejando pessoas ainda vivas ou matando-a a pedradas”, desabafa o presidente do GGAL, Nildo Correia.


“O antropólogo Luiz Mott, à frente do relatório, afirmou que, infelizmente, Alagoas é o lugar onde mais se mata com requintes de crueldade”, conclui Correia.


Nessa segunda-feira (26), foi encontrado o corpo de um homossexual mutilado, em Coruripe. O corpo do vendedor de hot dogs Heli de Lima, 44, estava em um terreno baldio, com umas das mãos decepadas e as vísceras à mostra.


Breno Airan – Tribuna Hoje

Compartilhe essa notícia

WhatsApp

Comentários

Faça agora seu Recadastramento
e fique informado

© Copyright 2001 - 2021 | SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DE ALAGOAS