Carregando
(82) 3221.7608 | 3336.6427

Alagoas registra 164 homicídios no mês de junho

Por Imprensa (sexta-feira, 4/07/2014)
Atualizado em 4 de julho de 2014

Pilar, Satuba e Rio Largo lideram o ranking da criminalidade, segundo aponta estudo de 2014
Números divulgados por uma fonte da Secretaria de Estado da Defesa Social (Seds) apontam que, no último mês de junho, foram mortas 164 pessoas por crimes violentos letais e intencionais em todo o estado de Alagoas. Com os dados repassados pela fonte, Alagoas contabiliza o total de 1.180 mortes de vítimas de violência durante os seis primeiros meses do ano. O número de mortes representa um aumento de 48 vítimas em relação ao mesmo período do ano passado, que contabilizou 1.132 até o mês junho de 2013.

De acordo com os dados da Seds, a maior parte dos homicídios aconteceu nos fins de semana, entre sextas e domingos, e 138 pessoas foram vítimas de disparos de arma de fogo, o que representa 84,14% do total de homicídios. As demais mortes foram causadas por arma branca (12,19%) e espancamento (3,65%).

Do total de homicídios no mês de junho, 50 ocorreram em Maceió, uma média de 1,6 mortes diárias. Em Arapiraca, o número de assassinatos em junho de 2014 foi de 10 – o que representa uma média diária de 0,33 mortes/dia. Os demais crimes aconteceram nos demais municípios de Alagoas.

Entretanto, quando comparado ao mesmo mês do ano passado, houve uma redução de 15,18% no número de homicídios, que, de acordo com a fonte da Seds, se dá devido ao evento da Copa do Mundo realizada no País. A mesma diminuição no número de mortes aconteceu na África do Sul quando foi sede do evento esportivo.

Gazetaweb

Compartilhe essa notícia

WhatsApp

Comentários

Faça agora seu Recadastramento
e fique informado

© Copyright 2001 - 2021 | SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DE ALAGOAS