Carregando
(82) 3221.7608 | 3336.6427

Após R$ 12 milhões com aluguel de aeronaves, Estado prorroga contrato

Por Imprensa (segunda-feira, 4/02/2013)
Atualizado em 4 de fevereiro de 2013

Empresa é a mesma que participou da campanha do governador

Sem nunca ter se utilizado de um voo de carreira em todos os seus seis anos de mandato como governador, Teotônio Vilela Filho autorizou, por meio de mais um extrato de termo aditivo, a prorrogação do contrato de locação de helicóptero, entre o Estado e a empresa FlyOne. O contrato tem validade até novembro de 2013.

A prorrogação, assinada no final do ano passado, deverá ampliar ainda mais os custos que o Estado tem com o aluguel e manutenção de aeronaves, na sua maioria, para deslocamentos do governador.

O Blog do Vilar trouxe na última sexta-feira, o resultado de uma consulta pública feita pelo advogado e ex-conselheiro federal da OAB, Pedro Acioly, a respeito das despesas que o Estado teria tido com o aluguel e manutenção de aeronaves. Os números impressionam, de acordo com as informações oficiais do próprio Estado, são quase R$ 12 milhões. Clique para entender melhor.

A Flyone, empresa que ganhou boa parte deste montante, é a mesma que atendeu o governador durante sua campanha política para o governo do Estado, em 2010. Além de fazer o aluguel de aeronaves, a empresa também ganhou licitações, conforme diz o contrato N° 006/2011 – GM, na qual executa o serviço de manutenção da aeronave pertencente ao Estado.

Após o final da eleição, onde a Flyone ganhou quase R$ 1 milhão durante a campanha do governador, a empresa, além de ser usada para os deslocamentos do governador, também ganhou contratos para atender o Gabinete Militar e a Secretaria de Estado da Saúde.   O Ministério Público chegou a anunciar que investigaria estes contratos de locação de helicópteros, mas após este anúncio, em abril de 2012, nada depois foi divulgado sobre a investigação.

Cadaminuto

Compartilhe essa notícia

WhatsApp

Comentários

Faça agora seu Recadastramento
e fique informado

© Copyright 2001 - 2020 | SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DE ALAGOAS