Carregando
(82) 3221.7608 | 3336.6427

Artigo do Presidente Nacional da CUT Vagner Freitas

Por Imprensa (terça-feira, 28/08/2012)
Atualizado em 28 de agosto de 2012

Aniversário da CUT

Hoje, dia do aniversário da nossa Central, estamos todos de parabéns.

Comemoramos os 29 anos da CUT e a ampliação do nosso ambicioso e essencial projeto de comunicação.

Ambicioso porque ousamos disputar espaços nos meios de comunicação, criando nossos próprios veículos.

Essencial porque nossos jornais de rádio e de TV contribuem decisivamente para a democratização da informação, para a liberdade de expressão e, consequentemente, para ampliação das conquistas da classe trabalhadora e consolidação da democracia brasileira.

Durante muitos anos, nossas lutas, ações e mobilizações ficaram praticamente invisíveis para a maioria da sociedade.

Quando a informação chegava à população ficava evidente a distorção dos fatos, o esforço que a mídia tradicional fazia para desqualificar nossa luta, nossos dirigentes.

Só os trabalhadores das bases mais organizadas tinham acesso à informação de qualidade nos jornais feitos pelos seus sindicatos, como por exemplo, a Tribuna Metalúrgica e a Folha Bancária.

Como ampliar as conquistas da classe trabalhadora sem uma mídia independente, plural e que informasse de maneira clara, objetiva e isenta a população?

 

Como fortalecer a eterna luta entre o capital e o trabalho sem meios de comunicação próprios que contribuíssem para uma efetiva participação dos cidadãos no processo de transformação da sociedade?

Como construir o desenvolvimento com justiça social sem abrir espaços para a diversidade, divergência de opiniões e polêmica, a divulgação das pautas dos trabalhadores, suas lutas e conquistas?

A informação, todos aqui sabem, capacita os indivíduos para participar de modo efetivo dos processos de construção e de decisões que afeta a vida da sociedade.

Foi a partir dessas reflexões que montamos a estratégia de comunicação da CUT.

Quem entre nós poderia imaginar que depois de tantos pedidos de concessão de canais de rádio e televisão negados desde 1987 hoje estaríamos comemorando a ampliação da nossa rede com o lançamento da Rádio Brasil Atual FM 24 horas, um presente para toda classe trabalhadora no dia em que completamos 29 anos.

É importante destacar o relevante e fundamental papel que todos os nossos parceiros tiveram na construção deste projeto.

Não teríamos chegado aonde chegamos sem a colaboração dos nossos sindicatos, sem os companheiros dos movimentos sociais e amigos blogueiros progressistas, que nos ajudaram a ampliar nosso raio de ação e fortalecer a nossa rede de comunicação com seus sites, suas rádios comunitárias, seus blogs.

 

Juntos a esse grupo guerreiro, nossos veículos – TVT, Rádio CUT, Rede  Brasil Atual, estamos ampliando o fluxo de informações e ideias e, com isso, o respeito aos direitos humanos.

O artigo 19 da Declaração Universal dos Direitos Humanos, da ONU,  estabelece o direito de expressar opiniões sem interferência e de buscar, receber e transmitir informações e ideias por quaisquer meios e sem limitações de fronteiras.

 

É isso que estamos construindo juntos.

Compartilhe essa notícia

WhatsApp

Comentários

Faça agora seu Recadastramento
e fique informado

© Copyright 2001 - 2020 | SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DE ALAGOAS