Carregando
(82) 3221.7608 | 3336.6427

Cobrapol e Sindpol solicitam reunião com Michel Temer

Por Imprensa (sábado, 20/11/2010)
Atualizado em 20 de novembro de 2010

 O governo federal não pretende colocar em votação, neste ano, a Proposta de Emenda Constitucional Aglutinativa (PEC 446/2009 e PEC 300/2008), que trata do Piso Nacional dos Policiais Civis, Militares e do Corpo de Bombeiros.


 


Na semana passada, o presidente do Sindpol, Carlos Jorge da Rocha, e o presidente da Cobrapol, Jânio Gandra, fizeram gestão junto aos deputados no Congresso Nacional para que a proposta fosse colocada na pauta de votação ainda este ano. Mas os parlamentares alegam falta de definição orçamentária para a matéria. O texto da PEC foi aprovado em primeiro turno pela Câmara em julho, e o presidente da Câmara, atual vice-presidente da República eleito, Michel Temer, havia se comprometido com os policiais em aprovar a matéria neste ano.


 


No Congresso, o presidente do Sindpol e o presidente da Cobrapol se reuniram com o senador Renan Calheiros para tratar da PEC 300/446. O senador informou que existe pressão para que nenhuma proposta com eleve o orçamento financeiro seja posto em votação.


 


Carlos Jorge revela que solicitou ao senador alagoano que intermediasse uma reunião do presidente da Câmara, Michel Temer, com as lideranças das polícias, para se chegar a uma definição quanto à aprovação da PEC.


 


De acordo com as informações, a presidente eleita, Dilma Rousseff, não é favorável à aprovação do piso nacional, ela defende a concessão de bolsas (olimpíadas, copas).

Compartilhe essa notícia

WhatsApp

Comentários

Faça agora seu Recadastramento
e fique informado

© Copyright 2001 - 2021 | SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DE ALAGOAS