Carregando
(82) 3221.7608 | 3336.6427

Congressistas aprovam reivindicar salário de 60% da remuneração dos delegados

Por Imprensa (quarta-feira, 27/10/2010)
Atualizado em 27 de outubro de 2010


O III Congresso dos Policiais Civis de Alagoas proporcionou, na última sexta-feira, dia 22, no auditório do Hotel Matsubara, um rico debate para definir as reivindicações da categoria para 2011. E a reivindicação de 60% do salário dos delegados para os policiais civis foi um dos principais pontos aprovados pelos congressistas.


 


Nas plenárias, houve participação efetiva dos policiais civis. O vice-presidente do Sinpol de SE, Antonio José Almeida de Moraes, também contribuiu com sugestões nos debates defendendo tratamento salarial igualitário aos delegados.


 


Além de debaterem e aprovarem cada proposta da categoria, o evento também serviu para a troca de experiências e informações aos policiais.


 


As policiais civis, presentes no evento, defenderam a aposentadoria especial de 15 anos de serviços para as mulheres, proposta aprovada no Congresso. No evento, o diretor da Cobrapol, José Carlos Fernandes Neto, o Zé Carlos, destacou a necessidade do Setor Jurídico do Sindpol elaborar estudo para verificar a legislação sobre a reivindicação.


 


No Congresso, os delegados deliberaram ao Sindpol a elaboração de um documento contendo as propostas aprovadas no III Congresso dos Policiais Civis de Alagoas bem como a luta pelo piso nacional no valor de quatro salários mínimos do Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos); pela regulamentação da aposentadoria especial; pela carreira única; pela integração e interação da sociedade civil (igreja, organizações, associações, entidades) nas questões da segurança pública, por uma campanha na mídia sobre o descaso do Estado em relação à falta de condições de trabalho e salariais aos policiais civis.


 


Veja as principais propostas aprovadas:


 


Pauta de luta 2011


Salário de 60% da remuneração dos delegados;


Kit para os policiais: pistola, colete à prova de bala, munição;


Ticket alimentação;


Quinze anos de tempo de serviço para as policiais civis se aposentarem.


Gratificação para os policiais que trabalham no interior e deslocamento;


Criação de critério técnico profissionais para ocupação do cargo de chefia e gestão (especialização, mestrado etc);


Cursos de pós-graduação, graduação e área a fim da atividade policial ofertada pelo Estado;


Curso capacitação;


Criação da gratificação de risco de vida;


Concurso para a Polícia Civil;


Criação do quadro administrativo da Polícia Civil;


Fim dos escrivães ad hoc, chefias de cartórios para escrivães e chefias de operação para agentes;


Fim das operações asfixia e sufoco;


 


Formas de lutas


Sempre que houver o arquivamento de um procedimento na Corregedoria deve haver ação judicial/administrativa para responsabilizar os denunciantes/instauradores do procedimento;


Revitalização do Setor Jurídico (apoio aos policiais);


Interação com outros sindicatos de policiais do Brasil.


 


Otimização


Estender o serviço de inteligência para o interior do Estado;


O Estado deverá montar uma comissão bipartite de política salarial para proceder negociação permanente com todos os servidores.


Avaliação periódica da saúde dos policiais.


Serviço de inteligência para o interior.


Conversão das atuais delegacias regionais em prisão provisória, com custódia interna dos agentes penitenciários e externa da Polícia Militar. Dotar a Polícia Civil de novas instalações para as delegacias sem carceragem.


 


Eleições Cobrapol


Ao final do evento, foram eleitos três delegados de base para participar do Congresso Nacional da Cobrapol, nos dias 17 e 18 de novembro. Nesse Congresso, a categoria irá definir a agenda de luta pela valorização do policial civil. Veja os nomes e a votação:


Joel dos Santos: 23


Alexandre Mariano: 20


Amélia Lins: 18


Sérgio Ricardo: 17


Christiane Mourão: 15


Wellington: 10

Compartilhe essa notícia

WhatsApp

Comentários

Faça agora seu Recadastramento
e fique informado

© Copyright 2001 - 2021 | SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DE ALAGOAS