Carregando
(82) 3221.7608 | 3336.6427

Governo diz garantir 6,5% de reajuste ao funcionalismo público

Por Imprensa (terça-feira, 14/02/2012)
Atualizado em 14 de fevereiro de 2012

O Vice-governador de Alagoas Thomaz NonôO vice-governador José Thomaz Nonô confirmou, em entrevista ao Programa Cidadania, na manhã da segunda-feira (13), que está garantido o aumento de 6,5% a todo o fun-cionalismo público estadual no primeiro semestre deste ano.

O aumento é relativo ao Índice Nacional de Preço Ao Consumidor Amplo (IPCA) de 2011, que mede o percen-tual oficial da inflação no país. De acordo com o vice-governador, a pauta de reivindicações dos policiais é legítima e será analisada pelo governo Teotonio Vilela. “Tenho irrestrita confiança no bom senso das nossas tropas, tanto militares como civil, não acredito que haverá greve. O governo é responsável e tem tratado o funcionalismo com respeito, através de uma política séria, atenta aos cofres públicos e diálogo, para chegarmos ao denominador comum”, disse Nonô.

O vice-governador lembrou ainda no orçamento do governo federal não está previsto reajustes ao funcionalismo em 2012. Thomaz Nonô disse que a expectativa é positiva para que os reajustes atendam o maior universo da polícia e demais servidores. “Se não acontecer nenhum imprevisto esse ano, já vamos ter 6,5% de aumento, referente a infla-ção do ano passado.

Os 7% que foi dado pelo governo do Estado, no ano passado, representou o maior percentual do país. Essa foi a maior conquista do servidos público, que tem garantido o reajuste automático”, declarou o vice-governador ressaltando a política salarial implantada pelo governador Teotonio Vilela que assegura o reajuste anual baseado no IPCA. Segundo Nonô, com a pré-anunciação do índice de inflação é possível medir o reajuste para os servidores a partir da data-base. “O governo tem feito um esforço tremendo para cumprir o compromisso com o funcionalismo público, para atender da melhor forma possível todos os servidores, civis e militares. Paulatinamente, cumprindo a lei de responsabilidade fiscal e sobretudo atendo ao caixa, estamos atendendo as reivindicações das categorias”, falou o vice-governador, ressaltando que ainda no primeiro semestre algumas categorias como peritos, DER e Detran, devem estar recebendo investimentos.

Fonte: Agência Alagoas

Compartilhe essa notícia

WhatsApp

Comentários

Faça agora seu Recadastramento
e fique informado

© Copyright 2001 - 2020 | SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DE ALAGOAS