Carregando
(82) 3221.7608 | 3336.6427

Governo explora imagem de sindicalista e policial morta na explosão da Deic

Por Imprensa (terça-feira, 15/10/2013)
Atualizado em 15 de outubro de 2013

Policial foi vítima fatal das precárias condições de trabalho e do descaso do Governo do Estado

 

O Sindicato dos Policiais Civis de Alagoas (Sindpol/AL) vem a público repudiar o uso da imagem sem autorização de familiares da policial civil e sindicalista dessa entidade sindical, Maria Amélia Lins Costa Dantas, que morreu em virtude das precárias condições de trabalho da Polícia Civil, sendo a única vítima fatal da explosão da Divisão de Investigações e Capturas (Deic), ocorrida no dia 21 de dezembro de 2012.

A imagem da policial civil foi publicada na página 4, do Diário Oficial, do dia 4 de outubro de 2013, em uma notícia que faz a propaganda do Programa Governo Perto de Você. Na foto, a policial está colhendo a impressão digital da população.

Apesar da cobrança do Sindicato dos Policiais Civis de Alagoas (Sindpol) e do familiares, até hoje o Governo do Estado não esclareceu e nem puniu o(s) responsável(eis) pela explosão da delegacia da Deic que vitimou a sindicalista Amélia Dantas, feriu policiais e causou danos a centenas de imóveis ao redor da delegacia.

A diretoria

Compartilhe essa notícia

WhatsApp

Comentários

Faça agora seu Recadastramento
e fique informado

© Copyright 2001 - 2021 | SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DE ALAGOAS