Carregando
(82) 3221.7608 | 3336.6427

Marcha impulsiona luta pela piso nacional

Por Imprensa (terça-feira, 22/03/2011)
Atualizado em 22 de março de 2011


A Cobrapol e os sindicatos iniciaram a mobilização dos policiais civis de todo o país para a marcha nacional em prol da votação das Propostas de Emenda à Constituição (PECs) 446/300, que tramitam na Câmara dos Deputados como Emenda Constitucional n° 2. As PECs criam o Piso Salarial Nacional para os policiais civis, militares e bombeiros.


 


A mesma marcha já foi realizada em Salvador, dia 28 de fevereiro, quando cerca de 10 mil policiais participaram do ato, e também em Fortaleza, dia 29 de janeiro, com a participação de mais de quatro mil pessoas. A próxima será em Manaus no dia 1º de abril. O objetivo é chamar a atenção dos parlamentares e da sociedade para a questão, que afeta não apenas os policiais, mas todos os usuários dos serviços de segurança pública. “Vamos percorrer todas as capitais que sediarão a Copa de 2014. Queremos que a população saiba que, com os atuais salários e condições de trabalho, os policiais não têm como prestar um serviço de qualidade, em especial num evento como este”, afirmou o presidente da Cobrapol, Jânio Bosco Gandra.


 


Uma das maiores dificuldades dos policiais em todo o país é justamente a dupla jornada de trabalho que são obrigados a fazer, em função dos baixos salários. “Os policiais são obrigados a fazer bicos porque os salários são baixos. Não entendemos porque essa diferenciação de salário por cidades, se em todas elas o serviço é o mesmo. Não vamos mais aceitar esta situação”, declarou.


 


Paralelamente a essas atividades, a Cobrapol vem realizando uma série de ações na Câmara dos Deputados para viabilizar o retorno da proposição à pauta de votação do plenário.

Compartilhe essa notícia

WhatsApp

Comentários

Faça agora seu Recadastramento
e fique informado

© Copyright 2001 - 2021 | SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DE ALAGOAS