Carregando
(82) 3221.7608 | 3336.6427

Militares aceitam 7% de reajuste salarial

Por Imprensa (domingo, 11/12/2011)
Atualizado em 11 de dezembro de 2011

A negociação estará, em fim concluída, se o Governo aceitar acrescentar algumas exigências à proposta.


 
Policiais e bombeiros militares participam de assembleia geralDepois de semanas de protestos com direito a quebra-quebra e prisões, os militares retrocederam e resolveram, em assembleia realizada na tarde desta terça-feira, 7, aceitar o reajuste salarial de 7% retroativo ao mês de maio, em única parcela proposto pelo Governo de Alagoas. A negociação estará, em fim concluída, se o Governo aceitar acrescentar algumas exigências à proposta.


Eles querem a retirada das punições e faltas dos servidores militares e civis, exceto para os participantes do quebra-quebra; uma reposição salarial com o ganho real da receita para o próximo ano, e uma mesa permanente para construção do Plano de Cargos e Carreiras.


“O Governo não colocou nada no papel ainda e só iremos fazer algo se for oficializado”, afirmou o presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Isaac Jackson, que participou da assembleia dos militares.


Os policiais e bombeiros aguardam o documento oficial até a próxima segunda-feira, 13. Caso não haja resposta do Governo, os militares retomam as mobilizações.


Alagoas 24horas

Compartilhe essa notícia

WhatsApp

Comentários

Faça agora seu Recadastramento
e fique informado

© Copyright 2001 - 2021 | SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DE ALAGOAS