Carregando
(82) 3221.7608 | 3336.6427

Ministério Público abre inquérito civil para apurar falta de estrutura em delegacia no interior de Alagoas

Por Imprensa (quarta-feira, 11/07/2012)
Atualizado em 11 de julho de 2012

Promotor Adriano Jorge vai apurar irregularidades em delegacia

Promotor Adriano Jorge vai apurar irregularidades em delegaciaO Ministério Público instaurou inquérito civil para apurar denúncias de falta de estrutura e de riscos para a saúde de policiais civis e detentos na Delegacia de Matriz do Camaragibe, município distante 75km de Maceió. As investigações do MP serão presididas pelo promotor Adriano Correia de Barros Lima, conforme portaria publicada nesta quarta-feira no Diário Oficial.

Segundo o promotor, o inquérito civil será instaurado com base em denúncia feita pelo Sindicato dos Policiais Civis (Sindpol) de que o prédio da delegacia regional não apresenta condições de permanência de agentes e presos.

“São graves problemas de estrutura do prédio, como paredes mofadas, sistema elétrico danificado, celas insalubres, condições sanitárias precárias, condições sanitárias precárias, presença de escorpiões, baratas e cobras”, destaca a portaria do promotor.

Adriano Correia determinou que seja feita uma inspeção pela Secretaria Estadual de Saúde na Delegacia, além de um pedido de explicação por parte do delegado de Matriz do Camaragibe.

Segundo informações da Delegacia Geral da Polícia Civil, o prédio da Delegacia de Matriz passa por reforma. No entanto, em abril deste ano, o secretário de Defesa Social, Dário Cesar, determinou a instauração de processo administrativo para investigar irregularidades na execução das obras

Tudonahora

Compartilhe essa notícia

WhatsApp

Comentários

Faça agora seu Recadastramento
e fique informado

© Copyright 2001 - 2021 | SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DE ALAGOAS