Carregando
(82) 3221.7608 | 3336.6427

Movimento unificado recusa percentual de 4% parcelado do governo

Por Imprensa (quinta-feira, 11/06/2015)
Atualizado em 11 de junho de 2015

O Movimento Unificado dos Servidores Públicos recusou a proposta de 4% parcelado referente ao Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) durante a audiência no Palácio do Governo, realizada na quinta-feira (11).  O governo foi representado pelo secretário-chefe do Gabinete Civil, Fábio Farias, e os secretários da Fazenda, George Santoro, e do Planejamento e Gestão, Christian Teixeira, além da Controladora Geral do Estado, Maria Clara Bulgarim.

11390141_650720771694248_7101906332221548422_n 11402686_650720938360898_4969081707299972752_n 11402686_650720955027563_1408211198571670384_n 11403331_650721078360884_6912407469967482101_n 11407220_650721981694127_3803711801836918194_n 1908090_650722181694107_3152529787105192937_n 11391404_650722235027435_6583753190998504875_n

As lideranças da Saúde, Segurança, Educação e Agricultura não aceitaram a proposta de 4% de reajuste salarial parcelado, sendo 1% para o mês junho, 2% para outubro e 1% para dezembro deste ano.

Por quase quatro horas, os servidores públicos, como os policiais civis, se concentraram em frente ao Palácio do Governo para acompanhar o desfecho da reunião.

Com a recusa, o governo remarcou uma nova negociação para a próxima terça-feira (16), às 15 horas, no Palácio República dos Palmares.

Para decidir sobre o rumo da mobilização, o Movimento Unificado dos Servidores Públicos realizará uma Plenária, na sede da Central Única dos Trabalhadores (CUT), nesta quinta-feira (11), às 15 horas.

O presidente do Sindpol, Josimar Melo, ressalta a importância do INPC para reposição das perdas salariais com a inflação. Ele informa que o Comando de Greve irá participar da plenária dos servidores e convoca a categoria para luta unificada com os servidores.

 

Compartilhe essa notícia

Comentários

Faça agora seu Recadastramento
e fique informado

© Copyright 2001 - 2022 | SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DE ALAGOAS