Carregando
(82) 3221.7608 | 3336.6427

Polícia beneficia delegado em aluguel de sede

Por Imprensa (quinta-feira, 25/11/2010)
Atualizado em 25 de novembro de 2010

Reforma no prédio foi realizada de forma ilegal pela Secretaria de Defesa Social

A Secretaria de Estado da Defesa Social (SEDS) alugou e reformou de forma ilegal um prédio na Rua da Alegria, no Centro de Maceió, para acomodar policiais que investigam uma série de crimes em todo o Estado. O patrimônio privado pertence a José Vieira de Melo, que é avô do delegado-geral adjunto da Polícia Civil, José Edson de Medeiros Freitas Júnior.


O bem particular de José Vieira estava totalmente deteriorado e não havia valor de marcado ou qualquer condição para abrigar membros da cúpula da segurança do Estado. Pessoas da região disseram que o prédio “estava caindo aos pedaços, um verdadeiro lixo.”


Segundo informações de pessoas ligadas a SEDS, o contrato e a reforma do prédio foram realizados por debaixo dos panos, sem qualquer tipo de legalidade, pois outros locais de melhor acesso e prédios que funcionam de forma normativa poderiam ser utilizados.


Custos astronômicos, que ainda não foram disponibilizados pela Secretaria, dão conta da improbidade que beneficia um parente direto do delegado José Edson. Na verdade, nenhuma estrutura privada pode ser reformada para uso público para favorecer qualquer cidadão.



O agravante é que as despesas para beneficiar o imóvel não vêm sendo abatidas no aluguel. “O esquema foi promovido para beneficiar o braço direito da Polícia Civil e que está cotado para ser o delegado-geral do órgão”, destacou um funcionário público que disse saber dos planos para beneficiar a família do delegado.


Prédio no centro de Maceió foi reformado e alugado ilegalmente pela SDS
Enquanto Alagoas vive a mercê da bandidagem e do crime de mando, os responsáveis pela segurança estão preocupados com outras atividades, que demonstram o total desrespeito com o erário. O Estado continua sendo o líder no ranking em criminalidade e manchetes negativas em todo Brasil.


Jornal Extra, edição 52.

Compartilhe essa notícia

WhatsApp

Comentários

Faça agora seu Recadastramento
e fique informado

© Copyright 2001 - 2021 | SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DE ALAGOAS