Carregando
(82) 3221.7608 | 3336.6427

Policiais devem participar de novo ato público pela aprovação da PEC do Piso

Por Imprensa (terça-feira, 22/06/2010)
Atualizado em 22 de junho de 2010

Os policiais civis voltarão a realizar grande ato público de protesto, na Central de Polícia, a partir das 8 horas, nesta quarta-feira (23), para acompanhar a votação da Emenda Aglutinativa Global das PECs 300/2008 e 446/2009.


 


O protesto é convocado pela Confederação Brasileira dos Trabalhadores Policiais Civis (Cobrapol) e faz parte da mobilização nacional para pressionar os deputados federais a aprovarem a Emenda do piso nacional para policiais Civis, Militares e do Corpo de Bombeiros. Na semana passada, não houve quorum seguro para a votação do segundo turno da PEC. O líder governo Cândido Vaccarezza (PT-SP) já manifestou que a aprovação da PEC é prioridade do governo nesta quarta-feira (23).


 


Ainda no ato público de protesto, haverá participação de lideranças comunitárias para exigir que o governador do Estado resolva os problemas existentes na área de segurança pública, como melhoria salarial dos policiais civis, convocação da reserva técnica da Polícia Militar, funcionamento 24 horas das delegacias e o fim da Central de Polícia. Para isso, o sindicato está convidando as lideranças comunitárias.


 


 


Para acompanhar a votação da proposta, o Sindpol disponibilizará de estrutura, em frente à Central de Polícia, com café da manhã, televisão e antena parabólica.


 


Em Brasília, o presidente do Sindpol, Carlos Jorge da Rocha, e o integrante do Conselho de Ética Carlos José, estarão fazendo pressão junto aos parlamentares pela aprovação da PEC. Carlos Jorge da Rocha informa que as entidades das polícias, a exemplo da Cobrapol, fecharam um acordo com o Colégio dos Líderes da Câmara Federal para que a PEC vá à votação. Pela proposta, o parágrafo único, que trata do valor do piso, foi subtraído, e a regulamentação da lei será em 180 dias.


Compartilhe essa notícia

WhatsApp

Comentários

Faça agora seu Recadastramento
e fique informado

© Copyright 2001 - 2021 | SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DE ALAGOAS