Carregando
(82) 3221.7608 | 3336.6427

Policial civil vítima de acidente de trabalho será operado em Arapiraca

Por Imprensa (segunda-feira, 7/11/2011)
Atualizado em 7 de novembro de 2011

Internado há 9 dias, Cléber Cardim reclama de falta de assistência do Estado


 


Depois de mais de uma semana aguardando por uma cirurgia, o policial civil Cléber Cardim Pinto, 36 anos, vai ser finalmente operado neste domingo (3), no Centro Hospitalar Manoel André, em Arapiraca. Há nove dias o policial agoniza na enfermaria 5 do Hospital Geral do Estado (HGE) com fortes dores causadas por fraturas no fêmur e na bacia.


O acidente aconteceu enquanto ele fazia uma diligência na madrugada do último dia 24. A família do policial teria tentado fazer a cirurgia em um hospital particular, mas a unidade teria cobrado R$ 19 mil pelo procedimento.


A assessoria do HGE informou à Gazetaweb que apenas dois médicos no Estado realizam o procedimento cirúrgico que o paciente precisa, e que, neste domingo, um dos médicos estaria de plantão em Arapiraca. A transferência de Cléber Cardim deve acontecer ainda pela manhã.


Cléber Cardim se queixa de não ter sido procurado por ninguém da direção da Polícia Civil ou da Secretaria de Defesa Social, apesar de ter sido vítima de uma acidente de trabalho.


O policial irá receber duas placas de metal e 14 pinos de sustentação no quadril. A assessoria informou ainda que o paciente recebeu toda a assistência necessária desde que deu entrada na unidade de saúde.


A Gazetaweb tentou ouvir a Secretaria de Defesa Social sobre as reclamações de falta de assistência feitas pelo policial, mas a assessoria de comunicação orientou a reportagem a ouvir a direção da Polícia Civil, que não atendeu aos telefonemas da reportagem.


  Gazetaweb – Gilson Monteiro

Compartilhe essa notícia

WhatsApp

Comentários

Faça agora seu Recadastramento
e fique informado

© Copyright 2001 - 2021 | SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DE ALAGOAS