Carregando
(82) 3221.7608 | 3336.6427

Policial e esposa prestam denuncia ao MP sobre agressão de conselheiro tutelar

Por Imprensa (quarta-feira, 26/10/2011)
Atualizado em 26 de outubro de 2011

Data: 25/10/2011


 


A diretoria do Sindpol acompanhou o policial Benedito Pereira e sua esposa, no Ministério Público, para prestar denúncia de que o casal foi agredido pelo conselheiro tutelar Paulo Jorge.


 


Na ocasião, O Procurador-Geral de Justiça, Eduardo Tavares. encaminhou o caso à promotora Miriam Ferro. O policial e sua esposa querem justiça.


 


De acordo informações, no último sábado (22), a esposa do policial Aliete Silva apartou uma briga entre sua filha e a filha da vizinha. O conselheiro, que é amigo da vizinha, fez provocações e utilizou palavras de baixo calão para Aliete. A provocação acabou em agressão física em ambos dos lados.


 


O policial, que estava chegando a casa, conseguiu retirar sua esposa da confusão. De acordo com ele, são oportunistas e inverídicas as declarações do conselheiro de que o policial teria feito ameaça. “Eu quero justiça”, disse Benedito que trabalha há 25 anos na Polícia Civil.  “Ando desarmado. Durante todo esse tempo na polícia, nunca houve problema do tipo”, defendeu-se.


 


Em carta, a filha da companheira do policial denunciou que o conselheiro destratou a menor, utilizando termos obscenos.

Compartilhe essa notícia

WhatsApp

Comentários

Faça agora seu Recadastramento
e fique informado

© Copyright 2001 - 2021 | SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DE ALAGOAS