Carregando
(82) 3221.7608 | 3336.6427

Presos de delegacia regional fazem rebelião e danificam celas

Por Imprensa (quarta-feira, 4/09/2013)
Atualizado em 4 de setembro de 2013

Presos da delegacia de União fizeram rebelião

O clima ficou tenso na tarde desta quarta-feira (4) na delegacia regional de União dos Palmares. Equipes da Polícia Militar e do Tigre, o grupo especial da Polícia Civil, tiveram de ser acionadas para conter os ânimos dos presos, que fizeram rebelião. Um dos motivos que desencadeou a confusão foi a exigência dos presos por visitas.

De acordo com informações de policiais civis que trabalham na delegacia, cerca de 60 presos estão distribuídos em três celas, que só poderiam abrigar 24 pessoas, no máximo. A carceragem foi danificada durante a rebelião e o delegado regional Mário Jorge Barros acionou reforço na segurança para impedir uma fuga em massa.   Os agentes informaram que só não houve fuga porque uma parede foi construída por trás das grades, o que impediu que os presos escapassem. “Eles estão reivindicando visitas. A situação ficou fora do controle”, comentou um policial civil.

A superlotação da delegacia “contribuiu” para o descontentamento dos presos, que então resolveram protestar contra as péssimas condições das celas. “A culpa é dessa superlotação, que deixa todos numa situação bastante arriscada”, afirmou um dos agentes, que preferiu não se identificar.

O Sindpol já solicitou várias vezes à Justiça e à Promotoria da cidade de União dos Palmares a interdição da delegacia que está com precárias condições e insalubre. Até o momento, o sindicato não obteve resposta.

Regina Carvalho – Gazetaweb com informações do Sindpol

Compartilhe essa notícia

WhatsApp

Comentários

Faça agora seu Recadastramento
e fique informado

© Copyright 2001 - 2020 | SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DE ALAGOAS