Carregando
(82) 3221.7608 | 3336.6427

Presos rendem policial, roubam armas e fogem de delegacia

Por Imprensa (segunda-feira, 11/06/2012)
Atualizado em 11 de junho de 2012

Quatro presos conseguiram fugir da delegacia da cidade de Minador do Negrão – distante 169 quilômetros de Maceió. Os detentos renderam o único agente de plantão da distrital, roubaram armas e fugiram da carceragem.

A fuga aconteceu por volta das 16h do sábado, dia 9. O agente Carlos Francisco de Farias estava sozinho no plantão, onde tomava conta de sete presos, quando aconteceu a fuga. Esta não foi a primeira vez que agentes de polícia são rendidos por presos.   Carlos informou que a fuga se deu no momento em que uma detenta – que auxilia nos trabalhos de distribuição de comida e água na carceragem – distribuía água para os seis presos reclusos nas celas. Segundo ele, no momento em que a presa abria a porta, os presos empurraram o portão e correram com destino à porta principal da delegacia.   “Eu ainda tentei fechar a porta de acesso à carceragem, mas os quatro presos puxavam de um lado e eu do outro e não tive como trancar. Eles me renderam, pegaram as armas e depois fugiram”, relatou o policial à reportagem do Alagoas24Horas.

Quatro dos seis presos fugiram. Entre os foragidos estão Marquiel Amaro Barbosa, 23 anos, e Geovane Silva de Lima, acusados de assassinar um idoso de 76 anos durante um assalto à residência em Estrela de Alagoas. Fugiram ainda: Edson Mendonça de Almeida, acusado de furto em Palmeira dos Índios, e Alexandre José da Silva, preso por roubo no município de Igaci. Outros dois presos não quiseram fugir.   Na fuga, os detentos levaram dois revólveres calibre 38, com seis munições cada, além de uma metralhadora 9mm, com 30 munições.Policiais militares foram acionados para ocorrência, chegaram a realizar buscas na cidade, mas até o momento nenhum dos foragidos foi recapturado.   Latrocínio   Marquiel e Geovane são apontados como dois dos quatro bandidos acusados de invadir a residência do agricultor Jonas Arestides, de 76 anos, na noite do dia 19 de abril, no Sítio Vassouras, zona rural de Estrela de Alagoas.

Segundo informações policiais, durante o assalto, os quatro elementos invadiram a residência e aterrorizaram a família, realizando ameaças já que eles tinham a informação de que a vítima teria uma quantia de R$ 3.000,00 guardada na residência.   Os algozes chegaram a atingir o idoso com um golpe de arma branca e um disparo de espingarda, deixando o mesmo gravemente ferido. O agricultor foi socorrido, mas faleceu na Unidade de Emergência do Agreste 12 dias depois do crime.

Alagoas24horas – Flávia Duarte

Compartilhe essa notícia

WhatsApp

Comentários

Faça agora seu Recadastramento
e fique informado

© Copyright 2001 - 2020 | SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DE ALAGOAS