Carregando
(82) 3221.7608 | 3336.6427

Projeto do governo pretende privatizar todas as áreas do serviço público

Por Imprensa (quinta-feira, 19/08/2010)
Atualizado em 19 de agosto de 2010

Mais um ataque que o governador Teotônio Vilela Filho planeja contra os serviços públicos. O Projeto de Emenda 582/2009, de autoria do governo, altera a lei estadual 6.972/2008, que trata do Programa de Parceria Público-Privada – PPP, estava para entrar em votação no plenário da Assembleia Legislativa de Alagoas.


 


Na proposta do governo, são incluídas as de áreas de Saúde, de Educação, de Segurança, de Defesa, de Justiça e de Sistema Prisional, bem como de outras áreas públicas e de interesse social e econômico, o que significaria a privatização de todo o serviço público no Estado.


 


A Central Única dos Trabalhadores (CUT) mobilizou os sindicalistas, na terça-feira (17), para fazer intervenção junto aos parlamentares. O presidente da ALE garantiu que não vai colocar a matéria para votação.


 


O vice-presidente do Sindpol, Josimar Melo, que participou da mobilização no Legislativo, alerta que o projeto irá privatizar todas as áreas do serviço público, ou seja, acabar com os serviços públicos no Estado.


 


O sindicalista afirma que o primeiro passo da CUT foi fazer gestão junto aos parlamentares. A Central está alertando os sindicatos  para mobilizar os servidores contra mais essa investida do governo.

Compartilhe essa notícia

WhatsApp

Comentários

Faça agora seu Recadastramento
e fique informado

© Copyright 2001 - 2021 | SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DE ALAGOAS