Carregando
(82) 3221.7608 | 3336.6427

Propostas de Alagoas são aprovadas no Congresso da Cobrapol

Por Imprensa (segunda-feira, 29/11/2010)
Atualizado em 29 de novembro de 2010

Diretores do Sindpol e policiais civis da base participaram do X Congresso Nacional da Confederação Brasileira de Trabalhadores Policiais Civis (Cobrapol), que aconteceu, nos dias 17 e 18 de novembro em Salvador/BA.


No Congresso, foi discutida a valorização policial com enfoque na mobilização pela aprovação do Piso Nacional.


 


De Alagoas, participaram os diretores da Cobrapol, que também são diretores do Sindpol, Stélio Pimentel Junior, Edeilto Gomes, Carlos Jorge da Rocha e José Carlos Fernandes Neto; os diretores do Sindpol Jerffeson Buarque (Diretor Social), Carlos José (Membro do Conselho de Ética), Josimar Melo (vice-presidente), e os policiais civis Alexandre Melo, Joel Rafael e Amélia Dantas. Ao todo, participaram 70 delegados de doze estados da federação.


 


Os delegados de Alagoas defenderam documento, que foi aprovado no III Congresso Estadual dos Policiais Civis. No documento, a categoria destaca que a classe trabalhadora enfrenta uma crise de caráter mundial, controlada por especulação. “Atualmente a eclosão de greves na união européia (Espanha, Portugal, França, Turquia) mostra a luta contra a política do G7 e G20 de reforma da previdência e demissão de trabalhadores…”. 


 


Os policiais de Alagoas apresentaram como forma para fortalecer a Cobrapol e a luta dos policiais civis do Brasil as seguintes propostas, que foram aprovadas:


Fortalecer a luta pelo Piso Nacional PEC 300/446;


Regulamentação da aposentadoria especial;


Carreira única para Policia Civil;


Maior mobilização com participação da sociedade civil (interação com igrejas, associações de PM e CBM, e outros sindicatos e entidades);


Campanha na mídia sobre o descaso com os policiais civis e a segurança pública;


Fim do Fator Previdenciário;


Redução da jornada de trabalho para 40 horas semanais;


Retirada das tropas brasileiras no Haiti.


 


Foi definida a discussão da carreira única na reunião do Conselho de Entidades, no dia 6 de dezembro, fazer gestão junto a bancada federal e a confeccionar a cartilha de operação padrão.


 


Os congressistas também aprovaram mobilização na posse da presidente eleita Dilma Rousseff com formação do nome PEC 300 por grupo musical composta por 80 pessoas, na grama do Congresso Nacional.


 


Os outros pontos ficaram para serem deliberados pelo Conselho de Entidades, que definirá um calendário de mobilização.


 

Compartilhe essa notícia

WhatsApp

Comentários

Faça agora seu Recadastramento
e fique informado

© Copyright 2001 - 2020 | SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DE ALAGOAS