Carregando
(82) 3221.7608 | 3336.6427

Servidores pressionam por reajuste maior

Por Imprensa (sexta-feira, 1/06/2012)
Atualizado em 1 de junho de 2012

O reajuste de 6,5% que começa a ser creditado nos salários a partir desta sexta-feira (01) não encerra a pauta de negociações com o governo, tampouco afasta a possibilidade de manifestações na rua, caso as reivindicações e os antigos acordos com algumas categorias não sejam cumpridos em breve. Os funcionários públicos estão longe da satisfação e apenas esperam o fim de prazos solicitados pelo próprio governo para avaliar a necessidade de medidas radicais, como greve.

O Sindicato dos Policiais Civis de Alagoas (Sindpol), entre outras melhorias, vai continuar cobrando aumento salarial. De acordo com o vice-presidente Edeilto Gomes, os agentes querem ganhar pelo menos 40% do salário inicial de um delegado. Em Alagoas, o piso salarial dos delegados é de R$ 12.800, segundo ele.

“O salário dos agentes é de R$ 2 mil. A diferença é absurda. O delegado não trabalha só, precisa do agente e do escrivão, mas esta falta de sintonia nos vencimentos acaba desmotivando a equipe”, afirmou Edeilto, que espera boas notícias do governo até o fim de julho.

CARLA SERQUEIRA – Gazeta de Alagoas

Compartilhe essa notícia

WhatsApp

Comentários

Faça agora seu Recadastramento
e fique informado

© Copyright 2001 - 2021 | SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DE ALAGOAS