Carregando
(82) 3221.7608 | 3336.6427

Servidores unidos garantem reajuste em Maceió

Por Imprensa (segunda-feira, 26/04/2010)
Atualizado em 26 de abril de 2010

Depois de proposta de 3%, servidores públicos se unem e saem vitoriosos com reajuste unificado de 10%

Representando mais de 17 mil servidores, os movimento unificado dos servidores públicos municipais de maceió aceitou a contraproposta de reajuste de 10% para todas as categorias, ficando da seguinte forma: 5% de imediato, retroativo a janeiro e mais 5% em julho deste ano.


 


O reajuste é considerado uma vitória do movimento composto por trabalhadores da educação, guardas municipais, agentes comunitários de saúde, enfermeiros, servidores da saúde, e servidores da prefeitura, que deflagrou greve unificada quando a prefeitura ofereceu um reajuste de 3%. Segundo o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos do Município de Maceió e Região Metropolitana (Sindspref), Sidney Lopes da Silva, “O reajuste de 10% não foi o ideal, mas foi o possível”. Foi uma semana de greve, com avanços consideráveis, provando que a classe trabalhadora ganha muito mais força quando está unida.


 


“Foi uma luta árdua. Se todas as categorias se unissem mais, com certeza iríamos ter mais sucesso em nossas negociações e o trabalhador iria ter melhores condições de vida e de saúde”, destacou o Fernando Cândido, presidente do Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde.


 


Fonte: CUT

Compartilhe essa notícia

WhatsApp

Comentários

Faça agora seu Recadastramento
e fique informado

© Copyright 2001 - 2021 | SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DE ALAGOAS