Carregando
(82) 3221.7608 | 3336.6427

Sindicatos repudiam medidas antissindicais do governo

Por Imprensa (terça-feira, 2/10/2012)
Atualizado em 2 de outubro de 2012

Os sindicatos, os estudantes e os partidos políticos de esquerda realizaram grande ato público com passeata contra a criminalização do movimento sindical, na manhã desta terça-feira (02).

A Central Única dos Trabalhadores (CUT) convocou as entidades sindicais, inclusive o Sindpol, para a manifestação contra a prisão de sindicalista e os ataques à organização sindical pelo governo do Estado. O protesto se iniciou em frente ao Tribunal de Justiça com caminhada até o Palácio do Governo.

Na manifestação, a presidente da CUT, Amélia Fernandes Costa, destacou que o movimento sindical não aceita opressão e ataque do governo. “Lutamos por conquistas, por oportunidades para todos, por política públicas necessárias e por igualdade social. A luta é de todos”.

O presidente do Sindpol, Josimar Melo, ressaltou a parceria entre o Governo do Estado e o Poder Judiciário como já foi publicada na Imprensa Oficial. O sindicalista repudiou os ataques aos trabalhadores, às perseguições aos sindicalistas, citando a prisão do presidente do Sindicato dos Médicos e a nota contra o Sinteal. “O Sindpol não aceita a intervenção do Governo contra o movimento sindical. Queremos a valorização dos serviços públicos e a melhoria salarial”, informou.

Juntando-se ao protesto, os estudantes, que estavam no Centro Educacional de Pesquisas Aplicada (CEPA), prestaram solidariedade aos servidores e repudiaram o aumento das passagens dos transportes públicos.

Estiveram presentes na manifestação o Sindpol, o Sindprev, o Sindicatos dos Trabalhadores dos Correios, o Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil, o Sindicato dos Agentes Comunitários, o Sindicato dos Servidores do Nível Médio da Saúde, a CUT, o Sintesfal, o MTL, os trabalhadores da Unicisal, o Sindicato dos Trabalhadores da Uneal, a Juventude Revolução, a Corrente Carlos Prestes, o PT, o PSTU, entre outros.

Compartilhe essa notícia

WhatsApp

Comentários

Faça agora seu Recadastramento
e fique informado

© Copyright 2001 - 2021 | SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DE ALAGOAS