Carregando
(82) 3221.7608 | 3336.6427

Sindpol alerta: Policial civil deve se cuidar
Novembro Azul

Por Imprensa (terça-feira, 24/11/2020)
Atualizado em 24 de novembro de 2020

O mês está quase terminando, mas a importância do diagnóstico precoce do câncer de próstata deve ser contínua. Para encerrar a campanha, o Sindicato dos Policiais Civis de Alagoas – Sindpol orienta os policiais civis sobre fatores de risco e atenção aos sintomas prévios da doença, mesmo nos meses seguintes.

O neste mês de novembro, o Sindpol promoveu ações de cuidados com a saúde através de teste rápido de glicemia, aferição de pressão arterial, orientação nutricional e orientação à saúde pela Enfermeira Priscila Brasil e pela Nutricionista Fernanda Vicente.

A próstata
A próstata é uma glândula que faz parte do sistema reprodutor masculino. Ela apresenta o tamanho de uma castanha, está localizada logo abaixo da bexiga e circunda a primeira porção da uretra. Essa glândula exerce um importante papel na reprodução, uma vez que libera uma secreção que será eliminada no momento da ejaculação e garante a viabilidade dos espermatozoides.

A próstata pode sofrer um aumento benigno à medida que o homem envelhece. Esse aumento é observado em quase todos os homens com mais de 70 anos e pode causar uma obstrução na uretra, impedindo a passagem adequada de urina. Além disso, a próstata é também um local em que frequentemente observa-se o desenvolvimento de câncer.

O câncer de próstata é o tipo de câncer que mais ocorre em homens. A expectativa do Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (Inca) é de que, somente em 2018, tenham surgido 68.220 novos casos da doença no Brasil. De acordo com o Instituto Oncoguia, cerca de 1 homem, em 36, morrerá em decorrência de câncer de próstata.

O câncer de próstata está intimamente relacionado com a idade do paciente. Mais de 70% dos doentes foram diagnosticados aos seus 65 anos ou mais. Com esses dados, é possível perceber que o aumento da expectativa de vida em todo o mundo está bastante relacionado com os números de ocorrência da doença.

Alimentos não saudáveis também são aliados aos fatores de desenvolvimento do câncer, como uma alimentação rica em gordura, carnes e embutidos.

Diagnóstico
O diagnóstico da doença é feito pela análise dos resultados dos exames clínicos (toque retal) e do exame de sangue denominado Antígeno Prostático Específico (PSA). O toque retal é feito porque a glândula está localizada em frente ao reto e, no exame, o médico consegue perceber a textura dela e avaliar se há presença de caroços. Esse exame é rápido e pouco incômodo.

A recomendação de realização dos exames para diagnóstico desse tipo de câncer depende da avaliação do médico. Normalmente é recomendado que eles sejam feitos a partir dos 50 anos de idade. Em pacientes que apresentam histórico familiar dessa doença, a recomendação é que os exames sejam feitos a partir dos 45.

Sinais e sintomas
Em sua fase inicial, o câncer de próstata não costuma apresentar sintomas, agindo de forma muito silenciosa. O diagnóstico deve ser buscado quando ocorrerem sintomas como:
Dificuldade para urinar;
Diminuição do jato de urina;
Necessidade de urinar mais vezes durante o dia ou à noite;
Sangue na urina.

Como prevenir o câncer de próstata?
Como medida mais eficaz para a prevenção do câncer de próstata, especialistas recomendam adotar hábitos saudáveis, veja:
Ter uma dieta saudável com menos gordura à base de frutas, verduras e cereais;
Praticar atividades físicas diariamente;
Evitar o fumo;
Diminuir a ingestão de álcool;
Ingerir alimentos saudáveis faz bem à saúde e ainda ajuda a prevenir diversos tipos de câncer.

Compartilhe essa notícia

WhatsApp

Comentários

Faça agora seu Recadastramento
e fique informado

© Copyright 2001 - 2021 | SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DE ALAGOAS