Carregando
(82) 3221.7608 | 3336.6427

Sindpol cobra apuração de denuncia de pagamentos ilegais de R$ 650 mil aos deputados

Por Imprensa (terça-feira, 27/12/2011)
Atualizado em 27 de dezembro de 2011

O Sindicato dos Policiais Civis de Alagoas (Sindpol) solicita apuração ao Ministério Público e à Polícia Federal das denúncias do deputado estadual João Henrique Caldas (PTN) sobre pagamentos ilegais na Assembleia Legislativa.


A denuncia, que foi publicada no jornal Extra, dá conta de que cada parlamentar estar recebendo R$ 650 mil por ano para repartir entre seus assessores. O rombo deve ultrapassar R$ 70 milhões.  


Segundo o deputado, o pagamento adicional vem através da Gratificação de Dedicação Excepcional (GDE). Henrique Caldas ressalta que não há critério para a inclusão de servidores na folha de pagamento das gratificações. O valor é depositado diretamente nas contas dos servidores sem nenhum desconto. “Tal fato caracteriza-se crime de sonegação fiscal”, destaca o diretor Financeiro do Sindpol, Antonio Zacarias.


O sindicalista ressalta o compromisso do MP com a transparência, a probidade administrativa e a moralidade dos recursos públicos.

Compartilhe essa notícia

WhatsApp

Comentários

Faça agora seu Recadastramento
e fique informado

© Copyright 2001 - 2021 | SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DE ALAGOAS