Carregando
(82) 3221.7608 | 3336.6427

Sindpol cobra apuração do assassinato do policial civil ao Delegado Geral

Por Imprensa (quinta-feira, 23/09/2010)
Atualizado em 23 de setembro de 2010

A diretoria do Sindicato dos Policiais Civis de Alagoas (Sindpol) se reuniu com o Delegado Geral, Marcílio Barenco, no dia de 10 de setembro para solicitar a elucidação do assassinato do policial civil Petrúcio Santana, ocorrido no dia 5 de setembro, em Flexeiras.



O diretor da Cobrapol, José Carlos Fernandes Neto, o Zé Carlos, entregou um expediente dando conhecimento da dedicação e honestidade do policial Petrúcio Santana. “Radicado na cidade de Flexeiras, o policial tinha uma relação de ótima convivência com os moradores. Desenvolvia atividades esportivas e era militante de oposição ao poder político local”, revela parte do documento.



O sindicato chamou a atenção para o fato de que em 2009, Petrúcio Santana ter procurado o Ministério Público, o Poder Judiciário e a Delegacia Geral da Polícia Civil fazendo a entrega de um dossiê apontando possíveis envolvidos com crimes perpetrados na cidade de Flexeiras, sem que fossem adotadas providências.



O Delegado Geral esclareceu que a Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic) está apurando o caso. Ele comunicou que está sendo providenciado o retrato falado do meliante.  Barenco destacou que está se empenhando para encontrar o autor dos disparos.



A reunião foi acompanhada pela esposa de Petrúcio, Maria Veçosa, que ficou emocionada. Também esteve presente o policial José Roberto de Magalhães, que faz oposição política a atual administração da cidade.



Na ocasião, o sindicato também solicitou proteção ao policial e melhoria das condições de trabalho da delegacia da cidade, ressaltando a violência política no local. O vice-presidente do Sindpol, Josimar Melo, também denunciou que existe apenas um policial civil no plantão diário. Barenco se comprometeu em rever a situação.

Compartilhe essa notícia

WhatsApp

Comentários

Faça agora seu Recadastramento
e fique informado

© Copyright 2001 - 2021 | SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DE ALAGOAS