Carregando
(82) 3221.7608 | 3336.6427

Sindpol denuncia precariedade de trabalho no 24º DP, governo ignora

Por Imprensa (terça-feira, 20/12/2011)
Atualizado em 20 de dezembro de 2011


O Sindicato dos Policiais Civis de Alagoas (Sindpol) encaminhou documentos à Delegacia Geral e ao Ministério Público do Estado informando sobre as precárias condições de trabalho e de estrutura física do 24º Distrito Policial, localizado na cidade de Rio Largo/AL, mas nada foi feito.


 


A Delegacia passou por reformas no ano passado, mas continua sem condição de funcionamento.  No documento, o Sindpol informa que o Distrito Policial não disponibiliza das mobílias necessárias para o seu devido funcionamento, como: camas para os policiais, colchões, geladeira, armário, fogão, condicionadores de ar, cadeiras e mesas.


 


No local, os alojamentos e salas apresentam infiltrações e mofos, e não possuem janelas, o que propicia o contágio de doenças respiratórias. Os policiais plantonistas reclamam que estão sem receber alimentação noturna desde dezembro passado.  


 


A quantidade de armamento e de munições também é insuficiente. Os policiais ainda estão sem colete à prova. No local, só existe internet graças à doação da população.


 


O descaso tem sido tanto, que o 12º DP funciona em uma sala na 24º DP. No documento, o Sindpol solicita providencias cabíveis e urgentes aos órgãos.

Compartilhe essa notícia

WhatsApp

Comentários

Faça agora seu Recadastramento
e fique informado

© Copyright 2001 - 2021 | SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DE ALAGOAS