Carregando
(82) 3221.7608 | 3336.6427

Sindpol em Ação atende e orienta policiais e população em prol da saúde e contra o câncer de próstata

Por Imprensa (quarta-feira, 1/12/2021)
Atualizado em 1 de dezembro de 2021

O Sindpol em Ação fez o atendimento de mais de 200 pessoas na última quinta-feira (25), no Centro de Maceió. A ação social do Sindicato dos Policiais Civis de Alagoas (Sindpol) dá um novo viés de atuação sindical, aproximando mais a população dos policiais civis e esclarecendo a importância dos cuidados com a saúde.

A atividade mostra, aos organizadores, o quanto a população é carente e esquecida pelos poderes públicos com atendimento básico e de informações sobre os cuidados com a saúde.

O presidente do Sindpol, Ricardo Nazário, informa que o Sindpol em Ação está encerrando as atividades do Novembro Azul, de prevenção ao câncer de próstata, com realização de atividades no interior de Alagoas e na Capital sobre a importância de fazer a prevenção.

“Os homens têm mais resistência de fazer os exames de câncer da próstata, devido a isso, o Sindpol está trazendo para a categoria e a população a consciência da importância de fazer a prevenção a essa neoplasia tem cura quando descoberto no início. É muito importante fazer o exame de prevenção, além desse trabalho do Sindicato de aproximar a população com os policiais civis nas ações que o Sindpol vem desenvolvendo na gestão dessa nova diretoria”, revela Ricardo Nazário.

A ação recebeu aprovação de todos que procuraram o atendimento. Para o músico e jornalista Reinaldo Vieira, é muito importante esse tipo de interação de policiais civis com a população, pois a sociedade tem uma visão de discriminação com a polícia, quando sabemos que um complementa o outro. “Ação como essa faz a gente se sentir mais seguro e mais próximos, o que beneficia as partes e faz crescer a categoria. Esse respaldo é necessário e podemos dar aos policiais”, disse.

O aposentado José Cícero de Oliveira, de 52 anos, disse que seu objetivo foi ter mais informações sobre os cuidados com o câncer de próstata e fazer os exames de teste rápido de glicemia e aferição de pressão arterial. “Muita gente morre de doenças e de câncer. Por isso que escutei as orientações com a enfermeira que são importantes. Não podemos esperar, temos que buscar as informações”, afirmou.

O policial civil Osvaldo Conrado, de 72 anos, parabenizou o Sindpol pela ação social junto à categoria e à sociedade. “Isso é muito importante, porque aproxima a sociedade e mostra a importância do nosso Sindpol”, defendeu.

Estimulando os cuidados com a saúde, o Sindpol em Ação ajudou a aposentada Ivanilda Duarte de Araújo, de 66 anos. De acordo com ela, a dificuldade de verificar a pressão arterial e a glicose foi amenizada com atendimento realizado pelo Sindpol. Bastante satisfeita, a senhora agradeceu a todos do Sindpol pela iniciativa.

Da mesma forma, agradeceram os aposentados Jessé Santana, de 82 anos, e Maria José dos Santos, de 65 anos, destacando que estão atualizando as informações e as condições de saúde com a realização dos exames.

Emergência
A dona de casa, Nazaré Feitosa, de 46 anos, estava passando mal no Centro, e foi socorrida pelos dirigentes do Sindpol e pelas enfermeiras. A senhora estava com pressão arterial e glicemia elevadas, com risco de ataque cardíaco. Os dirigentes conscientes dos riscos, realizaram o socorro. Imediatamente, o diretor de Comunicação do Sindpol, Edeilto Gomes, levou a dona de casa para a UPA do Trapiche. A senhora recebeu os atendimentos necessários e passa bem.

Compartilhe essa notícia

WhatsApp

Comentários

Faça agora seu Recadastramento
e fique informado

© Copyright 2001 - 2022 | SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DE ALAGOAS