Carregando
(82) 3221.7608 | 3336.6427

Sindpol participa de ato contra a privatização da Saúde

Por Imprensa (segunda-feira, 8/04/2013)
Atualizado em 8 de abril de 2013

O Sindpol participou do ato público com abaixo-assinado pela revogação da Lei 9.637/1998 que privatiza o sistema da Saúde através das Organizações Sociais. A manifestação foi organizada por sindicatos, como o Sindpol, e a Central Única dos Trabalhadores (CUT), nesta terça-feira (08).

No ato, que é alusivo ao Dia Mundial da Saúde, os manifestantes colheram assinaturas pela revogação da Lei das Organizações Sociais (OSs), criada no governo do presidente Fernando Henrique Cardoso, que permite a terceirização e a privatização dos serviços públicos.

Em Alagoas,  o hospital regional de Santana do Ipanema é gerenciado por uma OS que não cumpre com suas obrigações legais e trabalhistas. O presidente do Sindpol, Josimar Melo, destacou que a sociedade alagoana é carente e necessita dos serviços públicos. A privatização irá impedir do acesso à população aos serviços. Além disso, a terceirização e a privatização facilitam a corrupção nos estados.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Nível Médio da Saúde, Jadson Melo, destacou que  é preciso mostrar a indignação e para cobrar da presidente Dilma que revogue a Lei das OSs. “É inadmissível que a Saúde seja privatizada. O cidadão tem que mostrar que é consciente e sabe lutar por seus direitos”.

No ato público, a população ainda pôde fazer exames de glicoses e auferir a pressão arterial.

O diretor do Sindpol Stélio Pimentel Jr também ajudou com a distribuição de panfletos  que explicavam o que são as OSs. Do Sindpol, também participou do ato público o diretor Administrativo, Fernando Amorim.

 

Compartilhe essa notícia

WhatsApp

Comentários

Faça agora seu Recadastramento
e fique informado

© Copyright 2001 - 2020 | SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DE ALAGOAS