Carregando
(82) 3221.7608 | 3336.6427

Sindpol se reúne com secretário de Gestão Pública hoje para cobrar reivindicações

Por Imprensa (terça-feira, 27/04/2010)
Atualizado em 27 de abril de 2010

O Sindicato dos Policiais Civis de Alagoas (Sindpol) volta a se reunir com o secretário de Gestão Pública, Guilherme Lima, nesta terça-feira, dia 27, às 10 horas, para retomar as negociações com o Governo do Estado.


 


Na Secretaria de Gestão Pública, o Sindpol cobra o cumprimento da pauta de reivindicações que contém 16 itens, em destaque, a implantação do piso salarial de R$ 3.456,58 (1/3 do salário do delegado de polícia de Alagoas de 3ª classe), o Plano de Cargos, Carreiras e Subsídios e a regulamentação da aposentadoria especial.


 


Na última reunião, o secretário Guilherme Lima ficou responsável para dar resposta sobre a pauta de reivindicações. Lima iria discutir com o governador Teotônio Vilela sobre a viabilidade da construção do piso salarial e comunicar o teor da conversa ao sindicato.


 


Para esta quarta-feira (28), os policiais civis promoverão ato público em frente à Delegacia Geral. A categoria cobra pagamento de horas extras, adicionais noturnos, diárias e o fim do horário de expediente.


 


As delegacias de Maceió funcionavam com plantão de 24 horas, mas, atualmente a Delegacia Geral implantou o horário de 8 as 12 horas e de 14 as 18 horas, após esse horário a população fica sem atendimento da Polícia Civil nos bairros. “Justamente no horário em que mais a sociedade precisa do aparato policial. É após esse horário o índice da violência aumenta”, alerta o presidente do Sindpol, Carlos Jorge da Rocha. O cidadão tem que se deslocar até a Central de Polícia. Dados da própria Secretaria de Defesa Social revelam que a criminalidade vem aumentando nos meses em 10% em relação ao ano passado.

Compartilhe essa notícia

WhatsApp

Comentários

Faça agora seu Recadastramento
e fique informado

© Copyright 2001 - 2021 | SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DE ALAGOAS