Carregando
(82) 3221.7608 | 3336.6427

Sindpol trata de reivindicação salarial com Barenco

Por Imprensa (quarta-feira, 13/04/2011)
Atualizado em 13 de abril de 2011

O Sindpol voltou a se reunir com o Delegado Geral, Marcílio Barenco, na tarde da terça-feira (12), para tratar da questão salarial dos policiais civis.


 


No encontro, o Delegado Geral comunicou ao vice-presidente do Sindpol, Josimar Melo, e demais diretores sobre a decisão de ilegalidade da greve da categoria, deflagrada na semana passada, com aplicação de multa diária de R$ 10 mil reais e bloqueio das contas do sindicato, entre outras penalidades.


 


Barenco informou que participou do lançamento da Política Salarial do Governo (com anúncio de reajuste linear de 5,91%, sendo 50% em maio e 50% em novembro, com base no IPCA de 2010) aos servidores públicos, quando conversou com o Secretario da Fazenda, Maurício Toledo, e o vice-governador Thomaz Nonô, sobre sua proposta salarial de forma escalonada e vinculada ao crescimento da receita do Estado nos quatros anos do Governo Téo. De acordo com ele, Toledo e Nonô recusaram a proposta, alegando que se tratava de proposta diferenciada à Política Salarial do Governo.


 


O Delegado Geral se comprometeu em agendar uma reunião com o secretário da Fazenda e o Sindpol, na próxima semana, para tentar sensibilizá-lo sobre a necessidade de melhoria salarial da categoria.


 


O Sindpol convoca os policiais civis para uma assembleia geral, no dia 18 de abril, às 14 horas, no Sindicato dos Bancários, para decidir o rumo da mobilização.

Compartilhe essa notícia

WhatsApp

Comentários

Faça agora seu Recadastramento
e fique informado

© Copyright 2001 - 2021 | SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DE ALAGOAS