Carregando
(82) 3221.7608 | 3336.6427

Terceira Câmara nega recurso do Estado contra pagamento da equiparação

Por Imprensa (sábado, 19/11/2011)
Atualizado em 19 de novembro de 2011

Data: 11/11/2011


A Terceira Câmara da Justiça de Alagoas negou recurso do Estado contra a ação judicial do Sindpol. O julgamento do recurso foi acompanhado pelo presidente do sindicato, Josimar Melo, e o diretor Jurídico, Stélio Pimentel Jr, na manhã da quinta-feira (10). De acordo com o diretor Jurídico, a ação está na fase de execução e ainda cabe recurso do Estado.


O Sindpol ajuizou ação pela inconstitucionalidade dos dispositivos da Lei 6.592/2005, que criou duas modalidades para cada cargo e classe, chamadas “operacional” e “especializada”, e concedeu o pagamento de remuneração diferenciada  de 40% aos integrantes da modalidade especializada.  Na ação, o sindicato cobra o pagamento das diferenças salariais àqueles policiais que teriam recebido a menor.


O Tribunal de Justiça julgou procedente o Acórdão 5-0202/2011, que declarou a inconstitucionalidade do termo “nas modalidades de operacional e especializada”.


A ação judicial está sendo acompanhada pelo advogado Walter Pitombo Laranjeiras Filho.

Compartilhe essa notícia

WhatsApp

Comentários

Faça agora seu Recadastramento
e fique informado

© Copyright 2001 - 2021 | SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DE ALAGOAS