Carregando
(82) 3221.7608 | 3336.6427

Governador recebe PCs para informar pagamento de mais de R$ 10 milhões de retroativo das progressões

Por Imprensa (segunda-feira, 25/10/2021)
Atualizado em 25 de outubro de 2021

Após 31 anos de fundação do Sindicato dos Policiais Civis de Alagoas (Sindpol), um governador, reconhecendo a importância do Sindicato, recebeu a categoria no Palácio do Governo para anunciar a efetivação do pagamento dos retroativos das progressões funcionais nesta segunda-feira (25).

A solenidade de anúncio de pagamento dos retroativos de progressões aconteceu no Salão Aqualtune. O presidente do Sindpol, Ricardo Nazário, revela ser um dia histórico, ressaltando o reconhecimento do trabalho do Sindicato após 31 anos de fundação do Sindpol. “Isso demonstra que a diretoria está no caminho certo, negociando de forma correta, conquistando mais benefícios aos policiais civis”, disse o sindicalista, ressaltando que a diretoria está avançando e valorizando os policiais civis. “Nunca a categoria havia sido valorizada em uma solenidade

O secretário Especial de Gestão e Patrimônio da Seplag, Sérgio de Figueirêdo, informou que 1.280 policiais civis receberão o retroativo da progressão no dia 27 de outubro, totalizando mais de R$ 10 milhões.

O secretário de Segurança Pública, Alfredo Gaspar de Mendonça, agradeceu ao presidente do Sindpol, Ricardo Nazário, pela atuação em prol dos policiais civis, reconhecendo também o resultado satisfatório da categoria no combate à violência.

No evento, o governador Renan Filho disse que, nos governos anteriores, somente pagavam as progressões com a Justiça. De acordo com ele, os governos alegavam falta de dinheiro. Citou também que o helicóptero para serviços do Estado não saía do chão por falta de pagamento de seguro. Renan Filho agradeceu o trabalho dos policiais civis, ressaltando que o resultado é a entrega de um Estado mais pacífico.

Compartilhe essa notícia

WhatsApp

Comentários

Faça agora seu Recadastramento
e fique informado

© Copyright 2001 - 2021 | SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DE ALAGOAS