Carregando
(82) 3221.7608 | 3336.6427

Sindpol homenageia os policiais civis e servidores pelo 17 de Julho de 1997

Por Imprensa (sábado, 17/07/2021)
Atualizado em 17 de julho de 2021

A diretoria do Sindicato dos Policiais Civis de Alagoas (Sindpol) comemora o 17 de Julho de 1997, que completa 24 anos, sendo um marco na história de Alagoas, que teve o Sindpol na linha de frente das manifestantes, as quais derrubaram o governador Suruagy do comando de Alagoas.

O presidente do Sindpol, Ricardo Nazário, orgulha-se em reportar à sociedade alagoana o 17 de julho de 1997, quando os policiais civis com os outros servidores de Alagoas marcaram a história de Alagoas. “Derrubamos o governo do Estado que estava massacrando os servidores públicos, atrasando salários, destruindo as famílias alagoanas, fazendo com que os servidores cometessem suicídio. Os policiais civis foram fundamentais na luta e na união dos servidores públicos. A mobilização culminou com a derrubada do governo Suruagy. Fica a mensagem para todos os políticos (vereadores, prefeitos, deputados, senadores, governadores) que respeitem os servidores públicos, tratando-os com dignidade”, destaca.

O policial civil José Ederaldo, que fazia parte da diretoria do Sindpol na época, relembra o 17 de Julho como uma data marcante e cita a união das forças policiais juntamente com os servidores públicos que se organizaram e tiraram Suruagy do poder. “Temos que relembrar essa data histórica e marcante para o povo alagoano”, defende.

Consciente da importância de não deixar passar na história a luta dos servidores públicos alagoanos, o dirigente do Sindpol Carlos José reafirmar o papel do Sindpol que conseguiu mobilizar o conjunto dos servidores para lutar contra um governo opressor, que estava deixando seus servidores com fome em casa.

Para o diretor do Sindpol Sidney Ribeiro, relembrar o 17 de Julho traz à tona o sofrimento que o povo vivenciou naquela época. “Um momento difícil com folhas de pagamento atrasadas, os servidores passando necessidade, mas com muito sacrifício, voltamos ao patamar aceitável. Conseguimos sair daquele mundo de dificuldade que vivíamos naquele tempo, e hoje é uma outra situação, mas as dificuldades continuam para o servidor público”, disse.

Reconhecendo a importância da data, o diretor do Sindpol Carlos Jorge da Rocha, que também participou ativamente da mobilização, disse que o Movimento que resultou o 17 de Julho foi um marco importante para o sindicalismo em Alagoas. “O Sindpol, o Sinteal, as Associações dos Policiais Militares, sindicatos, todos se juntaram para tirar um governador corrupto. Nessa época, conseguimos unir a Polícia Militar, a sociedade para o nosso lado e derrubar um governador que não estava fazendo mais nada por Alagoas”, relembra.

Graças à luta do Sindpol, dos policiais civis e servidores públicos, o Estado de Alagoas voltou a se organizar, saindo da pior crise econômica da história dos alagoanos. A direção do Sindpol foi decisiva para a unificação da luta das polícias, dos servidores públicos e movimentos sociais.

O 17 de Julho significa a luta contra o desmonte dos serviços públicos, a união dos servidores públicos e dos movimentos sociais em prol dos alagoanos.

Compartilhe essa notícia

WhatsApp

Comentários

Faça agora seu Recadastramento
e fique informado

© Copyright 2001 - 2021 | SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DE ALAGOAS