Carregando
(82) 3221.7608 | 3336.6427

Sindpol registra precariedade da antiga Central. Delegacia Geral conserta teto

Por Imprensa (quarta-feira, 16/04/2014)
Atualizado em 16 de abril de 2014

O Sindpol registrou as precárias condições estruturais do prédio da antiga Central de Polícia localizada em frente à Praia do Sobral. A entidade sindical cobrou da Delegacia Geral melhoria das condições.

A antiga Central apresenta condições insalubres para os policiais civis e população. Por conta da estrutura deficiente, houve vazamento de água no teto da Delegacia dos Crimes contra a Ordem Tributária (Decotap). A estrutura está comprometida. Em várias partes do teto, a camada do reboco caiu, deixando os tijolos expostos.

A água também está passando pela fiação elétrica, o que torna risco iminente de curto-circuito no local. O teto do banheiro também apresentou infiltrações e vazamento de água.

Na Delegacia de Roubos, o sistema de refrigeração não funciona. Todos os condicionadores de ar estão quebrados. O local não apresenta ventilação. As vigas da delegacia estão com rachaduras.

O Sindpol encontrou baratas e sujeira na cisterna que abastece a água de todo o prédio. Também há entulhos de objetos apreendidos como motos, no fundo da antiga Central, que estão servindo para abrigar insetos, mosquito da dengue, baratas e escorpiões.

 

Delegacia Geral

O presidente do Sindpol, Josimar Melo, entrou em contato com o Delegado Geral, Carlos Alberto Reis, solicitando a solução dos problemas do prédio da antiga Central. Uma equipe de técnicos esteve no local e fez o reparo no teto. Mas os problemas ainda continuam. Josimar Melo informa que o Sindpol aguarda até uma semana para que o local volte a funcionar normalmente, oferecendo as condições dignas aos policiais civis. Caso a Delegacia não atenda o pleito da categoria, o sindicato tomará as medidas cabíveis.

Compartilhe essa notícia

WhatsApp

Comentários

Faça agora seu Recadastramento
e fique informado

© Copyright 2001 - 2021 | SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DE ALAGOAS