Carregando
(82) 3221.7608 | 3336.6427

Sindpol solicita que Delegacia Geral apure denúncia de repasse de duodécimo da ALE acima da lei

Por Imprensa (quinta-feira, 25/04/2013)
Atualizado em 25 de abril de 2013

Diante das graves denúncias, veiculadas nos meios de comunicação, sobre o valor de 41 milhões de reais repassados a mais pelo Governo do Estado à Assembleia Legislativa referente aos duodécimos dos últimos três anos e três meses, o Sindicato dos Policiais Civis de Alagoas (Sindpol) solicita que a Polícia Civil alagoana cumpra o seu dever constitucional e apure tais denúncias.

O Sindpol já havia exigido que o Ministério Público Estadual apurasse as denúncias, que  poderá se tratar de crime de improbidade administrativa. Para o diretor Financeiro do Sindpol, Antonio Zacarias, “quando se trata do aparelhamento dos serviços e da valorização dos servidores públicos estaduais, o Governo do Estado diz que não tem recursos financeiros e mantém uma política de total achatamento salarial com os piores salários do país aos servidores. Por outro lado, para aqueles que sempre estiveram ao seu lado, são contemplados com abertura de crédito, renúncia de receita e repasse generosos do duodécimo acima da lei orçamentária”.

O sindicalista destaca que seja apurado e responsabilizado criminalmente qualquer autoridade envolvida, “seja ela quem for”, reforça. O pedido de apuração do Sindpol está sendo encaminhado ao Delegado Geral, Paulo Cerqueira.

Compartilhe essa notícia

WhatsApp

Comentários

Faça agora seu Recadastramento
e fique informado

© Copyright 2001 - 2021 | SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DE ALAGOAS